domingo, abril 10, 2011

A Máquina



Não consigo parar de ouvir, não me farto. "A Máquina", dos Amor Electro, com a ex-vocalista dos Donna Maria (que também adoro), é a minha canção de eleição do momento.

Desde a primeira vez que ouvi esta canção, na gala de Natal da SIC, o bichinho ficou e não havia maneira de por as mãos no álbum desta banda. Agora já é possível! O primeiro álbum desta banda, "Cai o carmo e a trindade", está disponível na Fnac desde o dia 4 de Abril e a nível nacional a partir do dia 25. Se conseguir ir a Lisboa, não me vou esquecer de o comprar!

Até lá... enjoy...


Saber o que fazer,
Com isto a acontecer,
Num caso como o meu...
Ter o meu amor,
Para dar e pra vender,
Mas sei que vou ficar,
Por ter o que eu não tenho,
Eu sei que vou ficar.

É de pedir aos céus,
A mim, a ti e a Deus,
Que eu quero ser feliz...
É de pedir aos céus!

Porque este amor é meu,
E cedo vou saber
Que triste é viver,
Que sina, ai, que amor!
Já nem vou mais chorar,
Gritar, ligar, voltar,
A máquina parou,
Deixou de tocar.

Sentir e não mentir,
Amar e querer ficar,
Que pena é ver-te assim,
Já sem saberes de ti.
Rasguei o teu perdão,
Quis ser o que já fui,
Eu não vou mais fugir...
A viagem começou.

Porque este amor é meu
E cedo vou saber,
Que triste é viver,
Que sina, ai, que amor!
Já nem vou mais chorar,
Gritar, ligar, voltar,
A máquina parou.
Deixou de tocar.

É de pedir aos céus,
A mim, a ti e a Deus,
Que eu quero é ser feliz!
É de pedir aos céus!

Porque este amor é teu,
E eu já só vou amar...
Que bom não acabou,
A máquina acordou.

2 comentários:

isa disse...

olá :)
convido-a a visitar o meu blog de bijuteria/artesanato:

www.atelierizzy.blogspot.com
obrigada

Joseph 1 disse...

CATI,
Olá.

Tudo bem?
Há muito tempo que não vinha aqui.

Também sou vidrado naquela máquina...é um espectáculo!

Até outro dia.
Saúde, Paz e Amor para todos vós.(3)
Beijokas beirãs e um abraço:)*