segunda-feira, abril 04, 2011

Eu não nasci para ser pobre...

...mas sou.
Acabei de ler num blogue que uma mulher recebeu do seu amado esposo uns sapatos. Sem nenhum motivo em particular, apenas para a ver feliz. É bonito.

Os sapatos custam 675 euros. Ainda há bocado fui ver o meu saldo bancário: pouco mais de 600 euros. Ou seja, mesmo que eu quisesse ser romântica para mim própria a este nível, não poderia. Os sapatos até não são nada bonitos (na minha modesta opinião), a beleza está no gesto. Mas para mim nunca haverão gestos de tantos euros, assim de uma assentada só.

Porque eu não nasci para ser pobre... mas sou!
(já era antes da crise, fará agora... snif)

(e invejosa também... mas sem desejar mal a ninguém)

5 comentários:

anasantos79 disse...

Eu acho exagero um par de sapatos desse valor,mas é a minha mera opinião
:)

Mas quem tem muito tem que o gastar em algum lado LOL

BJINHOS

Gambozina disse...

:-)
Por acaso também nunca os calçaria, não fazem definitivamente o meu género. Mas reconheço que ver satisfeito um desejo é muito bom! Sejam uns sapatos de 700€ seja outra coisa qualquer!

Euphoria* disse...

O Sapatito, quase que paga a renda minha casita!
Livra... mas o gesto é bonito!
Já me contento, com um chocolatito, de cada vez que é ele a ir ás compras :)
Bjocas bem grandes!

sonia disse...

Eu quero um gaijo assim!!!!hahahaahah
beijinhos

SChainho disse...

Fantástico post!!!
Estou contigo, eu não queria nascer para ser pobre, mas sou! Mas um dia destes, sem mais nem para quê, aliás, até estive ausente do meu amado o dia todo e quando voltei, não é que ele me oferece umas botas!!! Não, não custaram 600 euros, foram apenas 30, mas valeu ouro!!!
Beijinhos!