Momento meu



Tão importante como o momento em que a minha filha correu para os meus braços ao quando cheguei a casa do trabalho, foi o momento em que, quando já a casa estava em silêncio e todos deitados, me deixei ficar à janela a ver a chuva a cair, no mais absoluto silêncio.

Respirar o ar fresco e cheio de cheiro a terra molhada e ouvir apenas o vento a brincar no meio das folhas dos eucaliptos, no início da madrugada, foi mesmo um dos melhores momentos dos últimos tempos.

Um momento (só) meu.

(e depois foi tão bom deslizar entre os lençóis já quentes e receber aquele aconchego...)

Comentários

carmo pinto disse…
sabe bem e que sabe!
que tenhas muitos momentos assim...
bjs
Nikita disse…
Que momento tão bom!! ;)



Beijo bom
Gambozina disse…
Que saudades do cheiro a terra molhada... quando estou de férias na aldeia às vezes nem me importo que chova um bocadinho só para sentir o cheiro a terra molhada. Lá por casa não há :(
Bom fim de semana!
anasantos79 disse…
Momento bom mesmo ;)

beijinhos & miminhos

Mensagens populares deste blogue

A música do papel

1980 - O que a malta de 80 fazia...

1980 - Mais brincadeiras e coisitas da malta...