quinta-feira, outubro 15, 2009

Saudades

 

Saud

 

De ser um pouco mais eu.

De chegar a casa e regalar-me com o silêncio, por 5 minutinhos apenas.

De trabalhar tão perto de casa que podia usar o carro ou até mesmo ir a pé.

De não gastar metade do vencimento para ir trabalhar.

De sair à 6ª e ao Sábado à noite.

De conversar com os amigos, de rir com eles.

De ter amigos, de ouvir as suas histórias, limpar as suas lágrimas.

De ter quem tenha saudades minhas.

De ter quem me procure…

De não me sentir tão isolada.

De não passar horas nos transportes públicos, sozinha, a ver a vida passar, entre uma sesta e um livro, ou um monte de fichas para corrigir.

 

Numa vida que é tão dura e feita de tantas saudades, valem-me os sorrisos (e por vezes as birras) que me esperam de braços abertos quando chego a casa, muito depois da hora de jantar… São eles que me fazem suportar os sacrifícios, são eles que me fazem tão mais feliz do que dantes.

 

Mas ainda assim… tenho saudades.

E por isso volto aqui, a um local onde sempre pude ser eu.

 

Saud2

10 comentários:

Blossom disse...

Oh Catarina Isabel (em tom de mãe), tu ficaste colocada pela Bolsa de Recrutamento, certo? Sabes que se arranjares outro horário podes desistir desse, certo? Então, de que esperas tu? Faz-te à vida, que é como quem diz ataca em força as ofertas de escola aí mais próximo dos fenómenos e vai-te a eles. Tenho um amigo que ficou desterrado no Alentejo com 1o horas...em Bolsa, depois concorreu para outros horários, tb lá, é certo, mas mais horas e em horário nocturno, e pimbas, mandou a escola de Avis às couves...se ele pode, tu também podes. Informa-te bem disto. E anda atenta...eu sei o que é trabalhar tão longe de casa...sair super cedo e chegar super tarde...andar sempre desgastada, sem vontade de nada que não dormir

Beijinho e anima-te...

Saltos Altos Vermelhos disse...

estamos por aqui :) e realmente não deve ser fácil... mas ânimo! o tempo passa rápido!

Aragana disse...

Estás com uma cara daquelas de quem bebeu uns canecos no jogo do Portugal... ehehehehe

Vamos levando as coisas assim, com saudades, mas com compensações!

made in ♥ love disse...

É nestas ocasiões que damos tanto valor as coisas que são tão nossas... mas isso sou eu que vejo sempre tudo pela positiva!!! Imagino que custe...

Um beijinho
Eduarda
Be in ♥ love

Didas disse...

É natural. Às vezes sentimos saudades até de coisas que nunca imaginaríamos sentir.

Júlio disse...

Saudades de te apanhar com tempo no msn... :D

Clarice disse...

Deixo um beijinho estrelado, aqui, na casa onde eles mais brilham...

bj***********

PDuarte disse...

eu não me esqueci de ti.
beijo na baby.

Simplesmente Vanda disse...

Doi termos saudades de nós mesmos, mas vais reencontrar-te e reajustar-te e sorrir com vontade de novo!

Um beijo muito grande!!

Nandu disse...

E por falar em saudade...
Devia-me auto flagelar pelo simples facto de andar a falhar aos treinos e não passar por cá com a frequência.
As razões nem interessam porque não passam disso mesmo!
Mas andei a passear pelo teu burgo e relembrei porque tinha tanta vontade de sempre passar por cá!

Anima-te moçoila!

Beijoka