quarta-feira, março 18, 2009

Breaking the silence

Este silêncio não foi intencional. No entanto, estes últimos dias foram de alguma ansiedade, e tudo o que aqui escrevesse ia dar ao mesmo assunto, ao assunto que me anda a enervar… Enfim. Coisas da vida.

 

papaEntretanto ouvi dizer que o senhor Papa, durante o seu périplo por terras africanas, disse que o uso do preservativo não só não ajuda a resolver o problema da SIDA em África, como aumenta a dimensão do problema. É vergonhoso e são afirmações destas que me fazem ter vergonha de dizer que sou católica. Dizer isto num continente dizimado pela SIDA, onde tantas vidas poderiam ser salvas houvesse mais informação e se se usasse o preservativo, é quase criminoso.

Mau ou bom, o Papa é um “opinion-maker”, é alguém cujas palavras influenciam milhares de pessoas. E é por isso que devia ter tento na língua. Uma coisa é defender uma lei da Igreja, outra é disparar este tipo de barbaridades. O problema da SIDA em África, para além de ser um problema gravíssimo de saúde, é um problema social…

 

E se o Sr. Bento descesse do Papamobile, descalçasse os sapatinhos Prada e começasse a AGIR? A fazer efectivamente algo pelas PESSOAS? 

Não era bem mais positivo?

 

* só espero não ter garantido, aqui e agora, o meu bilhete de ida e não volta para o hotel do Mafarrico… mas se lá for parar, o Bento irei encontrar! :P

8 comentários:

Lactrodectus Mactans disse...

Ora nem mais!

Júlio disse...

Não te enerves! :)

O Sr. Papa, bem... spooky. Continua com conversa de Papa. Se não fosse assim, o gajo que lhe ocupar o lugar daqui a 100 ou 200 anos não poderia pedir desculpa às Humanidade pelas declarações deste e de outros, quando a SIDA já não preocupar ninguém por se ter eventualmente descoberto cura e por historicamente se verificar que o preservativo foi mais importante no combate a esta doença que o Papa himself.
**

nutmeg disse...

Eu nem quis acreditar quando ouvi essas declarações...

Blossom disse...

Mas continua toda a gente a dar importância e crédito a esse demente, que desde que virou papa, parece que tem uma série debilidade física qualquer que o impede de falar normalmente...ah! prá pqp ele e os seus sapatinhos prada!!!!

E que foi que aconteceu? Einhe?

Thunderlady disse...

Este é um problema que é mais fundo e largo e "perigoso" do que parece à primeira vista.

Muitos lobbys se incomodariam.. ó ó!

O Papa não é mais que um meio para atingir um fim e na maioria das vezes não aquele que pensamos que é.

**

Aragana disse...

Claro que o perservativo nao resolve nada.

sbias que há países em africa que têm 80% da população infectada...

.. daqui a 20 anos não está lá ninguém!!!

dá que pensar não é?

Nessa disse...

Oi.
Pasei so pra dizer que achei o teu blog muito interessante.
E sim, há mesmo pessoas(como este papa) que nasceram pra não dizer nada de jeito...
bj

Maersha disse...

Pois não existem mais as Santas Cruzadas, agora é exterminar o excesso da população pobre e sem recursos através de qualquer caminho que se apresente eficaz.
Acho que um desses caminhos encontrados é através da SIDA.