Nó Verbal


Já vos aconteceu?

Quererem tanto dizer ou escrever uma coisa, assim subtilmente, sem que a mensagem seja absolutamente explícita, mas que seja explícita o suficiente para se perceber a mensagem?

Metaforizar? Ironizar?

Já vos aconteceu?

Pois eu estou com aquilo a que chamo um Nó Verbal. Quero tanto, tanto, tanto dizer uma coisa... mas não consigo encontrar as palavras certas. E o nó já está tão grande que já não consigo escrever sobre mais nada.

Vou ali ver se me desato... e já volto.

Comentários

Shakti disse…
Deve ser da greve...

LOL

bj
Nelson A. Soares disse…
Gosto muito da imagem... E o nó verbal é desesperante, sei-o por experiência. Espero que passe rápido... =)



Parabéns, também, pelo comentário no texto "Arrumem-se" em http://donodaloja.blogspot.com/. Subscrevo e achei de uma coragem e bom senso premiáveis.


Espero uma visitinha de uma blogueira que sigo há um tempo...


Stay Well
Júlio disse…
O frio... o frio... digo eu. Ele passa quando menos esperares. :)
Muito sofá e calor, vais ver que passa.
Kisses
PAULO LONTRO disse…
Quando o sentido conotativo de uma mensagem é grande, o nó pode acontecer é na cabeça do receptor.
Como dizia um chefe meu; keep it stupid and simple
nutmeg disse…
Just say/write it :)!

Às vezes é assim tão simples... outras vezes é mesmo preciso esperar que passe o "nó".

Beijinhos
Blossom disse…
Sem medos, Cati girl...se não consegues florear a coisa, diz tudo o que te vai na alma, sem rodeios :|

kissinhos
Vício disse…
costumavas ver o macgyver?
talvez seja util nesta altura...
Carol disse…
Ó pá, eu nessas coisas sou muito directa. Mas, pronto, também dizem que eu tenho mau feitio...
Sofia disse…
Oh... numa próxima oportunidade, eu dou-te uma palmadinha nas costas e prontus! lá se vai o nó!!! :)

Lobe u sis!

Mensagens populares deste blogue

A música do papel

1980 - O que a malta de 80 fazia...

1980 - Mais brincadeiras e coisitas da malta...