sexta-feira, novembro 14, 2008

Isto é que vai uma crise!

Os alunos manifestam-se na rua, fecham escolas a cadeado, gritam, atiram ovos, empunham cartazes cheios de erros e palavras de ordem. É óbvio que estão a ser orquestrados. E por quem? Adivinhem...

Andou uma mãe a criar uma filha para fazer parte de uma classe profissional composta por chantagistas, incitadores à violência, orquestradores e meliantes que tais... E a minha avó? O orgulho que ela tem na neta professora!!! Se ela soubesse...

Se eu soubesse!!!

Amanhã, nova manifestação de professores. Não poderei estar presente, mas estive na manif de sábado passado. Ainda assim aqui fica o meu apelo para todos os colegas que possam estar presentes - toca a encher as ruas de Lisboa!

Não, não estamos contra a avaliação de professores, embora seja essa a mensagem que tentam passar!!! Estamos contra ESTA avaliação burocrática e injusta! Queremos ser avaliados de forma simples e justa, por pessoas verdadeiramente competentes! Queremos ter tempo para preparar as nossas aulas e ensinar os nossos alunos! Não queremos sentir-nos pressionados a passar toda a gente, mesmo que não o mereçam, à custa de estatísticas e politiquices!

E sabem que mais? A insatisfação dos professores, daqueles que realmente amam o que fazem, vai muito além da avaliação... A educação e o ensino sofrem uma profunda crise. Uma crise de valores, de moral, de atitudes, de autoridade. A escola é um campo de batalha - alunos contra educadores, educadores contra alunos, pais contra educadores. É uma batalha perdida à partida, para todos, mas quem mais perde são os alunos, as crianças e jovens que serão os homens e mulheres de amanhã.

Para que sociedade caminhamos? 

Uma sociedade movida pelo consumismo exacerbado, onde a falta de autoridade paternal se confunde com uma "educação liberal"?
Uma sociedade instruída por professores desmotivados, achincalhados em praça pública por qualquer "bicho carocho" armado em comentador de mesa de café, desautorizados pelo patronato e pelos pais dos seus alunos?
Uma sociedade composta por gente egoísta, desprovida de boa educação e de bons hábitos? Que se enche de "fast food" e de dívidas? Que desconhece os valores do trabalho e da solidariedade?

É mais fácil oferecer computadores às crianças e jovens... Dão-lhes o peixe!!!
Mas QUEM os ensinará a pescar?

5 comentários:

PDuarte disse...

quero que saibas que estive aqui a ler o que muito bem escreveste.
hoje não digo mais nada.

Ivo disse...

bem isso tá mau por ai!

bom fim de semana e nã penses mais nisso! bjs ;)

dolphin disse...

Vai de fim de semana e esquece a escola por instantes, talvez ajude a manter a sanidade mental

Sorrisos em Alta disse...

Eh, pá, mas vocês também têm que perceber que não posso ser eu sozinho a avaliar-vos a todos....
;o)))

Beijinhos

Shakti disse...

As pessoas não têm a noção do que é este modelo de avaliação...os papeis e as reuniões que se têm...as nossas secretárias já são um mundo de papeis , agora...passamos a ter o planeta dos papeis , pois além de mais , temos menos tempo...

Mas o que se diz é apenas que não queremos ser avaliados...nem vale a pena...

bj