terça-feira, outubro 21, 2008

A despedida dos amantes

SONY DSC

No fundo, senti, pela primeira vez, que poderias ser Tu...e Eu... ou um Nós, que mesmo inconcretizado, já existia... ou existe.

Foi difícil reencontrar-te. Concretizar-te. Pois pior é deixar-te, outra vez, com a esperança de uma vida diferente, cada vez mais longínqua da minha. Pois é isso que és para mim, uma vida à parte, que eu escolhi não viver, mas com a qual gosto de sonhar.

Adeus. Levo comigo o teu sabor, as tuas mãos gravadas na pele e a memória perene de ti.

Adeus.

«Even though we're miles apart we are each other's destiny.»

*foto de Paulo César @ www.olhares.aeiou.pt ou www.paulocesar.eu

17 comentários:

nutmeg disse...

Andei a passear nos teus arquivos, à procura do post sobre a música que gostamos :)!

Ai, ai... dizer Adeus é tão difícil...

DS disse...

Sabes que sempre escreveste bem?! Adoro ler-te quando escreves estas coisas. Tudo o que sentes, permanece no que escreves...

Francis disse...

o gajo das fotos foi-se embora ?
não sabe o que perde.

Vício disse...

então... adeus!

Vitor disse...

As despedidas são sempre difíceis, não é?

Bj*

Shakti disse...

As despedidas podem ser muito , muito dolorosas....

bjs

PAULO LONTRO disse...

Amanda Marshall-Beautiful Goodbye

http://www.youtube.com/watch?v=T1VinBlssgg

Parabéns pela escolha da foto.

Pedro Barata disse...

Despedir é complicado, mas ficam as recordaçoes boas... sempre!

Bjinhos

Sofia disse...

Mas têm mesmo que dizer adeus? Não pode ser apenas um até já... e o alimentar da esperança do reencontro por 20 ou 30 anos?!

@me@@@ disse...

Desde a imagem, ao texto, ao sentimento... simplesmente fantástico

:-)

KI disse...

Another world's... excelente foto: cor.luz. silhuetas.

Abraço.

Casemiro dos Plásticos disse...

hum, profundo...beijo e adeus ;)

Pedro disse...

Não me deixa de causar uma certa surpresa, mulheres que dizem que as despedidas são difíceis. Comigo, é sempre tão fácil, e se voltam é porque se esqueceram de alguma coisa em minha casa.

Estou mesmo surpreendido.

Carol disse...

E que tal um see you...?

Latrodectus Mactans disse...

É uma bela imagem essa...descreve mesmo o teu post...o teu feeling*

M.ª Papoila disse...

Compreendo cada palavra...

Nelson Alexandre Soares disse...

Cada despedida tem um conjunto de sentimentos que dependem e brotam da maneira como cada um encara, pensa, sente e, enfim, a vive.

Gostei deste post. Porque espelha bem o complicado que é, no entanto e sempre, cada despedida. Porque espelha bem a mágoa de um sacrifio de uma opção por outra... e tudo isto em convivência perfeita com a imagem.



Stay Well