terça-feira, maio 06, 2008

esfera

Como é a visão do amor?

Como é o cheiro da amizade?

Como é o sabor da alegria?

E qual é a textura dos sonhos?

Como é o som da luz?

Preciso de luz...

Porque estou cansada, exausta...

...dos sentidos imersos na escuridão.

Preciso de luz...

Sinto-me tão... nada.

Perguntas a mais? Talvez...

Terão respostas? Sei que sim!

Mas esqueci-me delas...

E se alguém por ventura souber

Pode ser que se desate o nó

Que trago na garganta

Há tempo demais.

Sinto-me um tudo ou nada estranha...

Um tanto ou quanto só.

Mais do que nunca...

...ou talvez como sempre.

21 comentários:

Professorinha disse...

Há muito tempo que aqui não vinha...

E logo venho ter com um poema tão bonito!

Beijos

Sofia disse...

Parece que a luz já vem a caminho... e promete chegar mais depressa do que aquilo que se calhar estavas à espera!

Big Big Kiss

PDuarte disse...

As distancias não existem.
Existem medidas lineares, mas as distancias não existem.
Não existe o perto nem o longe.
E também não existe o só e o acompanhado, nem o aceso e o apagado.
O que existe é vontade.
Só vontade.

Rafeiro Perfumado disse...

Certas coisas não se sentem, percepcionam-se. E apesar de "percepcionar" ser um verbo estranho, é o mais acertado, a meu ver.

Beijo normal!

Catarina, disse...

Coisa mais linda =)

Pois eu bem sei bem apartir dos 20 é pior. Só no domingo na minha parvoice é que me apercebi que daqui a um mês faço 21. Pois :/ passa demais a correr.

Beijihno grande
cat**

Vício disse...

já experimentaste usar o interruptor?

Enfim... disse...

não sei apreciar grande coisa a poesia mas está bonito

beijinhos

Shootingstar disse...

Uau!!! Poema muito profundo, adorei!!! Pena o tema, mais vago e triste, mas são dúvidas que nos assolam de vez em quando... Bjinho mt, mt mt grande

Luazinha disse...

Xiiii.... q isto não anda nafa fácil para todo o sitio q me viro...
Vamos mas é todas á bruxa!! Bora???
Kiss

Carlos Lopes disse...

Ah! A menina experimentou... E pelo que se vê é só elogios... Kiss

Tia Cremilde disse...

A música combina lindaente com o texto...

beijo linda sobrinha!

Café com Nata disse...

Precisas de luz?
Porque não começas a procurá-la em ti?
Ela está lá, eu sei que sim. Eu vi-a mesmo sem sequer te ter alguma vez olhado.
Estás cansada. Estás exausta e daí?
Isto é um modo de vida, não é um modo de morte.
Eu também estou cansada, estou exausta. Por vezes até nem me reconheço. Mas, minha linda, amigos... Tu dizes não ter amigos?

A visão do amor é sublime.
A amizade cheira a abraço reconfortante, cheira a colo e a alegria.
A alegria sabe a esperança.
Os sonhos? Opá... tu pintaste os sonhos com cores tão lindas! Tu sabes muito bem qual a textura que têm.
O som da luz? Nunca tiveste um momento em que sentiste algo que te empurrasse para a vida? Nunca ouviste dentro de ti uma voz que dissesse: Vai, Caty, não desistas. Tu consegues! Nunca ouviste isso? Eu sei que sim. Mostraste-me muitas vezes. É esse o som da luz.
A escuridão... o que seria do dia sem noite? Já pensaste? Seria um tormento de tédio, não haveria equilíbrio.
Sentes-te tão.. triste, apática, perdida até, talvez, na imensidão das confusões reais e repentinas.
Não te esqueceste de resposta nenhuma. Sei que não. Apenas estás com um sentimento que não ata nem desata... mas sabes, Caty, SÓ tu não estás.
Deixa essa mágoa sair. Não presta, deita fora... e VIVE cada momento como ele se apresentar para ti.
Eu gosto de ti e sempre gostei.
Beijinho e empina já esse nariz ou então bai haber fight!

Mónica

paula silva disse...

ESTA INQUIETUDE É PRÓPRIA DO SER HUMANO, DE QUEM É SENSÍVEL, CRÍTICO, INSATISFEITO, PROFUNDO. COMO TU.
A LUZ ANDA POR AÍ, TAL COMO AS RESPOSTAS, OS SILÊNCIOS, OS SONS, O AMOR, OS AROMAS, OS SABORES... MAS TAMBÉM AS INTERROGAÇÕES DE QUEM NÃO ANDA CÁ APENAS DISTRAÍDO, MAS QUE SABE QUESTIONAR, PROCURAR, SATISFAZER-SE, OU NÃO SERÍAMOS SENÃO UM VAZIO, UM NADA DESUMANO E SEM SENTIDO...
GOSTEI DO POEMA, DO RITMO, DA INTERROGAÇÃO, DA INQUIETUDE FILOSÓFICA - QUE É A MÃE DA SABEDORIA..
SEMPRE QUE QUESTIONAMOS TUDO SE TORNA ESTRANHO... E AÍ PROCURAMOS RAZÕES, SENTIDOS, TEORIAS, EXPLICAÇÕES, JUSTIFICAÇÕES... ISTO É O QUE NOS TORNA HUMANOS, MINHA QUERIDA SOBRINHA...
CONTINUAREMOS A PROCURAR O HORIZONTE, A LUZ, AINDA QUE SÓ ENCONTREMOS TREVAS, NÃO DESISTIMOS, PORQUE AMAMOS E BUSCAMOS A FELICIDADE....
BEIJÃO ENORME, MINHA SOBRINHA SÁBIA...

KI disse...

Cati,

vai ali espreitar o segundo post a contar de cima NO Trapézio! LOL!


Beijos.

Cati disse...

Professorinha: Obrigada! Eu também tenho tido pouco tempo para a blogoesfera... volta sempre! Beijo*

Sofia: Se calhar não era essa a luz a que me referia... preciso de luz proveniente de outras fontes! Beijo*

Pduarte: E eu tenho tanta vontade... Obrigada pelas palavras. Grande beijo*

Cati disse...

Rafeiro: E é esse mesmo o verbo. Se bem que as perguntas que fiz fossem um pouco metafísicas... enfim! Beijo normal pra ti tb!!!

Catarina: Mas por outro lado, acredita que o melhor ainda está para vir... a idade não traz só coisas más! Pensa nisso ;) Beijo*

Vício: Não o encontro... damn! :D

Cati disse...

Enfim: Chiça... isto não é poesia! Ainda assim, obrigada por achares bonito ;) Beijo*

Shooting: Pois... nem sempre a alegria reina. Mas isto faz parte da minha "desintoxicação". Preciso de escrever estas coisas para limpar a alma... percebes isso, não? BEIJÃO!!!

Lua: Ora aí está uma excelente ideia!!! E eu nem te contei que na semana passada tive não um, mas DOIS PNEUS FURADOS... com um dia de intervalo! Enfim...
Beijo!

Cati disse...

Carlos: Eu já escrevo destas coisas há tanto tempo... mas falta-me o engenho, como já te disse. E os elogios... bem, deixam-me feliz! Beijo pra ti!

Tia: Eu também achei... acho que é uma música perfeita. Obrigada pela visita! Grande beijo!

Café com Natas: Ainda estive meia hora parada a pensar... mas quem é esta pessoa que parece conhecer-me bem!?!? Até que percebi... oh rapariga!!! Atão tu tens um blog novo e não dizias nada!!?? Obrigada pelas palavras... pela amizade... é espantoso como não conhecendo as pessoas cara a cara se conseguem fazer amigos assim. Realmente não estou só. BEIJÃO!!! E vê lá se voltas...

Cati disse...

Paula: ai tia... diz sempre umas coisas que me deixam tão... feliz. Obrigada... E não, sábia não sou. Vou-me cultivando com a vida... mas o caminho ainda é longo! Beijo graaaaande!

Ki: É já a seguir! Beijoca*

Júlio disse...

Desapareço por uns dias e quando volto encontro isto... Nem tenho palavras para definir em condições o que li. Mas sim, seria definir pela positiva. Muito bom.
Bjo :)

Júlio disse...

PS: Só para acrescentar que me esqueci de dizer que não estás só. Olha para nós aqui :)