quinta-feira, março 27, 2008

Eu, Catarina, me confesso

mad_world_by_novembro 

Sou uma eterna insatisfeita.

Eu sei que todo o ser humano é assim, como na cantiga do Variações, "só estou bem onde não estou, só quero ir onde não vou"...

Mas acho que eu sou um caso patológico grave. Sofro de uma doença terrível que me tolhe a qualidade de vida. Chama-se "high expectations" (que chique em inglês), que é como quem diz, tenho expectativas demasiado altas em tudo na minha vida. E tenho sonhos... muitos! Alguns bem difíceis de concretizar.

Às vezes ponho-me a pensar e apercebo-me que não me chegam 24 horas num dia para escrever tudo, ler tudo, ouvir tudo, ver tudo, falar tudo, sentir tudo, amar tudo, viver tudo... Apercebo-me que esta vida não me chega para fazer tudo o que sonhei para mim.

E pior. Tenho uma mania compulsiva obsessiva por fazer tudo bem. Ser uma boa profissional, uma boa mulher, uma boa filha, uma boa irmã, uma boa amiga, uma boa cozinheira, uma boa dona de casa, uma boa escritora "de blog", uma boa pensadora, uma boa... tudo! E quando a crítica não vai de encontro à expectativa e ao empenho que coloquei no que fiz... É tão triste como doloroso e deprimente. É que sofro a sério, com direito a lágrimas e tudo. E como humana imperfeita que sou, raramente faço tudo bem... ou seja, sofro frequentemente!

E como me disse a minha mais que boa amiga "a sério que não sei como consegues sobreviver-te, com toda essa pressão que colocas sobre ti própria... deve deixar-te exausta!"

E deixa. É assim que me sinto, todos os dias. Exausta. Nuns dias, agradavelmente exausta, porque as coisas me correram de feição... Noutros, exausta a pontos de perder a noção das coisas, ando feita barata tonta, não sei onde deixei as chaves do carro, foda-se! estou atrasada, odeio atrasar-me, merda! esqueci-me de mandar uma sms à P., gaita! esqueci-me de gravar o DVD para a mãe da S., porra! esqueci-me que tinha combinado naquele sítio com o Z., chiça! não trouxe outra vez os livros para devolver à A....

E num frenesim diário para não me deixar cair no desgosto de nunca conseguir superar as minhas próprias expectativas, vou defraudando as expectativas que os outros têm de mim.

E nesse frenesim diário vão passando os meses, os anos, e vou vendo a vida passar sem conseguir vivê-la plenamente. Porque eu sou feliz, mas não me apercebo disso todos os dias. Esqueço-me de que sou feliz! E o que eu me canso para conseguir ser feliz... E vou andando. Exausta.

UPDATE:

Eu não estou deprimida!!! LOL Este texto nada mais é do que a constatação do meu ser. Não me sinto triste nem infeliz. Pelo menos hoje não!!! Apenas estou com um sono do caraças... BEIJOCAS LOUCAS PARA TODOS!!!

19 comentários:

Blossom disse...

Não vale a pena...acredita! Não sejas tão dura contigo própria...andares eternamente insatisfeita contigo própria só te faz mal (eu conheço bem a sensação, mas tento combatê-la e levar as coisas de âmino leve)...estás muito dêprê hoje (brazuca accent)...deve ser do tempo...e se isto não anima...eu tb deprimo e pronto...estamos lixadas...se eu não tentar levar as coisas de ânimo leve aqui no trabalho, já me tinha atirado da ponte d. luis abaixo...i hate this shit!

Beijos e anima-te :)

Luazinha disse...

Oh miuda, temos de saber ser felizes com aquilo que temos e não com aquilo q queremos ter!!
O ser humano é um insastifeito por natureza e mto duro consigo próprio, perdendo a completa noção de que por vezes está rodeado de tudo para ser feliz, sem sequer dar por isso!!
Não percas a ambição, mas não a deixes abafar aquilo que já tens!!
Kiss

redjan disse...

cati: take it easy, enjoy .. be imperfect !!!

Rafeiro Perfumado disse...

Eu naquilo que me meto gosto de me meter bem, por muito mal que isto soe. Mas já aprendi que quem muitos burros toca, algum acaba por ficar para trás. E não te esqueças que a perfeição em si mesma é um defeito...

Beijoca!

Copo_Meio_Cheio disse...

Oh Cati, até a desbaratinar positivamente é um luxo ler o que escreves!
Beijoca querida!

Sofia disse...

"E num frenesim diário para não me deixar cair no desgosto de nunca conseguir superar as minhas próprias expectativas, vou defraudando as expectativas que os outros têm de mim".

Quem te conhece e te ama (e há vários) não se sentem defraudados... pelo contrário, apreciam o teu esforço por fazer tudo bem! mas, francamente, eles não esperam tanto de ti quanto tu esperas dar de ti... eles sabem que és humana e amam-te com os teus defeitos também!
Estranho ter que te dizer isto num comentário de blog!

trollona linda!!! :]

Vício disse...

ok! podes tirar os joelhos do chão! :D

tenho a musica do variações no meu blog!

Catarina, disse...

Eu, Catarina II me confesso que sou uma eterna preguiçosa LOL :p

MAS gosto muito de fazer as coisas bem feitas :)

Curte a vida mulher :)

beijihno
cat*

Francis disse...

pois, como dizia um gajo qualquer, o óptimo é inimigo do bom.
ás vezes deve ser desgastante.

Casemiro dos Plásticos disse...

Uma boa manifestção silenciosa, um grito de liberdade, de revolta.
não devias ser tão dura contigo, acho que primeiro deves descansar e depois encarar a vida com um sorriso nos lábios e encarar as os obstaculos de frente e depois impões regras a ti mesma, vais.-te sentir melhor e satisfeita até pode parecer piegas ou gay mas vais ver que essa insatisfação.
beijo :)

Manga dalpaka disse...

Claro, nem todos os "passados" são deprimidos. Eu não sou!

The Wolf disse...

e enquanto as espectativas forem sempre maiores, isso permite-nos crescer não é verdade?

Beijo

osátiro disse...

Creio que tens amor próprio suficiente para não baixar os braços...

Cati disse...

Blossom: Como disse no update... eu não estou deprimida! Mas obrigada pelas palavras. És uma boa amiga e eu gosto de ti porra!!! BIG KISS!

Luazinha: Ambição não me falta... mas não é, de todo, desmedida. Eu não sou assim... quero muito, viver muito, fazer muito, mas a minha grande preocupação são as pessoas que amo, acima de todas as coisas. Uma beijoca!

Redjan: I will... be sure I will enjoy ;) Thanks! Kiss*

Cati disse...

Rafeiro: sábias palavras... essa do burro digo-a todos os dias! Ainda não deixei fugir nenhum, mas sei que um dia não terei tanta sorte :( Ah! E eu ando longe de ser perfeita... infelizmente! Festinhas no cachaço!

Copo: com as faces ainda rubras, agradeço! És um querido pá!!!

Sofia: não faz mal vir num comentário de blog... eu amei... gosto tanto de ti!!! Obrigada por seres o meu antídoto... Couldn't live without you! PS-...

Cati disse...

Vício: obrigadinha, já me estavam a doer! Sim, eu sei da música... passo por lá amiúde! Beijoca*

Catarina: Então somos iguais nesses dois pontos: PREGUIÇA e MANIA DE FAZER TUDO BEM! Beijoca*

Francis: Tens razão pá... E cansa, sim! Beijoca*

Casemiro: desculpa... não foi nem gay, nem lamechas. Foi muito bom o que me disseste e agradeço-te, muito! Um grande BEIJO especial!

Cati disse...

Manga: obrigada! ufff!... Pensava que era a única passada não deprimida deste país!!! ;) Beijoca*

Wolf: é verdade sim senhor!!! E eu tento... todos os dias! Beijinho com saudade!

Osátiro: espero ter!!! Obrigada pelas palavras e pela visita. Volta sempre!

Joseph disse...

Cati
Olá

Só para te dizer que entendi perfeitamente a tua confissão, que a respeito.... mas que sempre ouvi dizer que "DEVAGAR SE VAI AO LONGE"...

Desculpa, mas não pude deixar de sorrir no parágrafo final.

Efeitos de uma boa escrita.

Beijinhos;)**

paula silva disse...

CATARINA
AINDA BEM QUE ÉS ASSIM: Insatisfeita, lutadora, perfeccionista, amante dos gestos, das palavras, dos momentos, sensível, atenta, um pouco louca, mas igualmente racional, sonhadora, ambiciosa q.b., LINDA!!!!
Amiga dos amigos, solidária, crítica, desperta, informada, bem formada....!!!!
Não sofras é demais porque realmente somos apenas humanos, sim.... mesmo sonhando o impossível...
Eu cá estou... quase bem... a luta continua!
Obrigado pelas tuas palavras e preocupação.
BEIJOOOOOOOOOOOOOOO da Titi