segunda-feira, janeiro 14, 2008

Segredo

Shhh...
Vou contar-te um segredo...
Eu não sou só eu
Sou muitas
Mulher, mãe
Amiga, amante...
Mas sou principalmente eu.
Shhh...
Tu não sabes
Das profundezas do meu eu...
Ninguém sabe!
Que da minha mente brotam mil desejos
Ocultos...
Que das minhas mãos nascem mil objectos
Desconhecidos...
Que dos meus lábios jorram palavras
Inaudíveis...
Que dos meus olhos se vêem janelas
Entreabertas...

Shhh...
Não faças barulho...
Porque te vou contar um segredo...

É que eu sou tudo, mas não sou nada.
Eu sou muitas...
Muitas mulheres -
(até as mais estranhas...)
- numa só!

Shhh...
Vou contar-te um segredo...

Queres ouvi-lo?
Descobre-me.

25 comentários:

Anónimo disse...

As mais complexas e estranhas são as mais interessantes. Todo um nível de profundidade "that few can grasp".

Tiago R. Cardoso disse...

Vou te contar um mas não é segredo, posso dizer para todos ouvirem, escreves muito bem,um bom segredo que contastes...

Tia Cremilde disse...

não é segredo nenhum: este é um bom blog sim senhora. e o prémio pode ser levantado no blog da tia!

beijos. boa semana!

Rui Branco disse...

É dos tais versos que ate fazem ressuscitar o Camões... ui ui !

Catarina, disse...

Que belo segredo. Eu nao conto a ninguem =)

Um beijihno grande e boa semana*
cat*

htsousa disse...

Para que ninguém se esqueça que uma mulher é bem mais do que as medidas que se tiram à primeira... um excelente e belo apelo!

Beijinhos, Cati!

Francis disse...

ena muita mulher escondida.

Copo_Meio_Cheio disse...

Delicioso Cati...
Verdadeiramente delicioso!

Kiss

The Wolf disse...

uindo, complicado, como só as mulheres o sabem ser, mas uindo!

redjan disse...

wow cati, new registo e ... contudo, estás com tudo !

Tugafixe disse...

Fantástico!

Beijinho

Carlos Lopes disse...

Estou com o red: estás com tudo...

Mónica disse...

Shhhhhh Vou contar-te um segredo...
Mas conto baixinho para ninguém ouvir... (eu não tenho a certeza, mas acho k a rapariga k está na foto está cheiínha de frio. Coitadinha!...mas disso não tenho a certeza!)

Agora, certo é k este segredo foi muito bem escrito!
Beijinhos

SILÊNCIO CULPADO disse...

Ninguém nos descobre, Cati, por mais que nos procure.O mundo é demasiado vasto dentro de nós e inconstantes, e por vezes contraditórios, os sentimentos.
E, nesse conjunto inquieto e mutante, nós encontramos a nossa estabilidade e, porque não, a nossa fidelidade.
Beijinhos

Merchi disse...

... um certo mistério até tem o seu encanto.

Vício disse...

juro que não conto a ninguem!

estás atrás da porta?

Daniela disse...

E que LINDAS que tu és...

Beijinhos

Professorinha disse...

Conheço umas frases muito bonitas que se adequam a esse lindo poema:

"Pois eu sou a Primeira e a Última. Eu sou a Venerada e a Desprezada. Eu sou a Prostituta e a Santa. Eu sou a Esposa e a Virgem. Eu sou a Mãe e a Filha. Eu sou os membros da minha mãe. Eu sou aquela que é estéril e que muitos são seus filhos. Eu sou aquela cujo casamento é grandioso, E eu não tomei um esposo. Eu sou a parteira e aquela que não dá à luz. Eu sou o alívio dos meus trabalhos de parto. Eu sou a noiva e o noivo. Eu sou a mãe do meu pai e a irmã do meu esposo e ele é a minha prole. Eu sou a escrava daquele que me fez. Eu sou a senhora da minha prole... E ele é a minha prole no seu devido tempo e o meu poder vem dele. Eu sou o ceptro do seu poder em sua juventude. E ele é a verga da minha idade avançada. E o que quer que ele queira acontece comigo. Eu sou o silêncio que é incompreensível E a idéia cuja lembrança é freqüente. Eu sou a voz cujo som é múltiplo E a palavra cuja aparência é múltipla. Eu sou a expressão do meu Nome."

O texto é muito comprido. Mas é tão lindo como o teu poema.

Beijos

AJO disse...

E que segredo... lindo lindo lindo... sem palavras. adorei.
beijinhos e boa semana.

JOY disse...

Olá Cati

Está aqui um valente e bonito texto. Parabéns gostei muito de o lêr.


JOY

manuela disse...

Eu também sou isso tudo e muito mais.
Gostei do que escrevestes.
Vou passar por aqui mais vezes se não te importares.
Se quiseres podes passar pelos meus cantos também.
Vou levar o teu link.

Beijo

Manuela

Cati disse...

Todas as mulheres que há em mim agradecem...

A Cati, principalmente!

São todos uns queridos (até tu Vício!)

Beijo!

Madalena Tavares disse...

Ola Excelentissima Veterana :)

Eu é que posso dizer que te descobri (AQUI)literalmente!!
Ora aqui está um belo trabalho de se ler :P Parabéns!

Abraço da Caloira

Madalena

Joseph disse...

Cati
Olá

Post que amei, amei, amei.
Fantástico!
DESCOBRE-ME.
Tens alguma roupa por cima, para que te possa descobrir?
8********

Um beijoka grande, querida amiga.

ze ceitil disse...

Cati, as palavras assim ditas nem precisavam de ser bonitas para serem um belo poema ás mulheres. Mas são.
Beijinhos