domingo, janeiro 06, 2008

Feliz dia de Reis!

Diz a tradição judaico-cristã que foi a 6 de Janeiro, que os Reis Magos chegaram ao pé do Menino Jesus, vindos de terras longínquas e guiados por uma estrela, para adorá-lo e dar graças. Não há registos nas escrituras que dêem como certo o número dos Magos ou se sequer eram reis. Sabe-se apenas que viriam da zona do Golfo Pérsico e que traziam três presentes para o rei Menino - Ouro, Incenso e Mirra.

O ouro é uma oferta fácil de perceber... representa a realeza, ou seja, é um presente digno de um rei! Mas porquê incenso e mirra?

Diz-se que o incenso pode representar a fé, pois o incenso é usado nos templos para simbolizar a oração que chega a Deus assim como o fumo sobe ao céu.

E a mirra? Muita gente não sabe que substância é esta! A mirra é uma resina antiséptica usada em embalsamamentos desde o Egito antigo. Tem qualidades desinfectantes e era muito popular na época. Ainda hoje é utilizada em medicamentos.

Assim, reza a lenda que Melchior entregou-Lhe ouro em reconhecimento da realeza; Gaspar, incenso em reconhecimento da divindade; e Baltazar, mirra em reconhecimento da humanidade.

Assim, dia 6 é dia de Reis!
Para os espanhóis é hoje o dia em que se trocam presentes, o que não deixa de ter alguma lógica, pois foi no dia 6 de Janeiro que o menino Jesus recebeu os seus! Aqui também não era má ideia expandirem a época de festas até 6 de Janeiro... sempre eram mais uns dias de descanso! (",)

Em Portugal também há uma importante e antiga tradição ligada ao dia de Reis - as Janeiras!
Como o próprio nome indica, as Janeiras cantam-se em Janeiro, e reza a história que este era o mês do deus Jano, o deus das portas e da entrada. Era o porteiro dos Céus e por isso muito importante para os romanos que esperavam a sua protecção. Era-lhe pedido que afastasse das casas os espíritos maus, sendo especialmente invocado no mês de Janeiro.
Era tradição que os romanos cantassem e se saudassem em sua honra no começar de um novo ano e daí derivam as Janeiras.

Como muitas tradições deixadas pelos romanos em território nacional, esta foi-se cristianizando, aculturando e modificando. Antigamente as Janeiras eram cantadas de porta em porta quase em exclusivo pelos mais desfavorecidos, pois esta era uma oportunidade de receberem em troca castanhas, nozes, maçãs, chouriço, morcela... enfim, produtos que lhes matavam a fome e os confortavam em épocas de maior privação.

Hoje em dia são grupos de amigos, vizinhos, ranchos folclóricos, filarmónicas e outras colectividades musicais (ou não) que mantêm viva a tradição das Janeiras. Vão de porta em porta cantar músicas como a que hoje coloco na Crazy Music Box e as pessoas oferecem-lhes, por norma, chocolates e dinheiro, que no final dividem por todos.

Hoje fico-me por aqui, com este post um pouco fora do habitual... Mas vocês já sabem que este é o Meu Pequeno Mundo Louco e que aqui podem encontrar tudo (ou quase tudo!) o que faz o meu mundo girar... E estas tradições fazem parte do meu mundo!

Resto de bom domingo... boa semana!!!
Feliz dia de Reis!
Beijocas para todos!


16 comentários:

Tiago R Cardoso disse...

E como são boas as tradições quando estam em estado puro, ainda não contaminadas pela sociedade materialista que temos...

Luazinha disse...

Ehehe eu qdo era miuda ia cantar as janeiras a porta dos vizinhos...
Isto qdo passava a epoca do Natal e fim de ano no Algarve e as escolas apenas começavam na segunda semana de Janeiro...
Antigamente era assim...
Fogo q tou velha...

Gazela disse...

Tb vieram cantar as Janeiras à minha porta... mas no fim pedem o belo do contributo!! LOLOL!! Só a rir!! eheheh!!

Bjokinhas

PS.: Para quando a bela da reportagem sobre a nossa fantabuslástica passagem de ano??

Copo_Meio_Cheio disse...

Oh Cati, que bueno post.

Lembro-me perfeitamente das passagesn de ano na aldeia da minha avó e juntar-me com esta voz de passarinho ( ok nem em playback ) ao resto do grupo a cantar.

Bem lembrado sim senhor...

Beijo

Joseph disse...

Cati
Olá

Obrigado pela visita, e sobre o post não comento porque como postámos os dois e já lemos, já sabemos tudo...

Acabaram-se as festas, começam as aulas e eu na Câmara, e vamo-nos preparar agora para o Carnaval...

Obs: A Paulinha está bem, mas ainda não postou nada no blog.
(Mistério....)

Beijocas amigas* para TI, do amigo ao dispor.

Bruno disse...

feliz dia de reis e feliz domingo para ti também. :)

darkman disse...

for me it's the same.. :p

Isabel Fonseca disse...

O que se aprende por estes lados...!

Quando era mais nova também costumava ir cantar as janeiras de porta em porta... Que saudades!
:,)

É pena não seguirem estas tradições aqui pelos lados da cidade!

Beijinho*

Didas disse...

Por acaso quando eu era chavala, lembro-me de pensar: Porque é que não levaram brinquedos?

Daniela disse...

:) Só mesmo aqui... bons mimos!

Beijos e bons reis!

tuga disse...

Por aqui ja vieram cantar os reis. Mamaram o bolo rei todo, quase cinco de tintol, e uma garrafa de licor de café. FONIX......... aquilo ja nao era cantar....

Carlos Lopes disse...

Também devia haver um Dia das Rainhas ;-)

quintarantino disse...

Muito bem. Mas, já agora, então a mirra era para quê?

Vício disse...

tens a certeza que os reis chegaram ao pé do menino ou foi ao corpo todo?

The Wolf disse...

Incenso não que faz fumo...
Foi proíbido este ano, não ouviste?

Beijo

AJO disse...

Quanto informação útil por estes lados. Eu gosto tanto de ouvir cantar as Janeiras, ams desde que vim viver para um apartamento mais perto da cidade nunca mais as ouvi e tenho pena.
Gostei muito da música de abertura do blog.
Beijinhos e boa semana.